Logística Reversa de Componentes de Bombas

 

A ocupação descontrolada dos resíduos sólidos em aterros industriais estimulou a busca por alternativas mais eficientes de gerenciamento de resíduos. É nesse sentido que a NETZSCH do Brasil mantém implementado o programa “Logística Reversa de Componentes de Bombas”.
De acordo com a Lei 12.305/2010 – Política Nacional de Resíduos Sólidos, a logística reversa consiste em viabilizar a coleta e a restituição dos resíduos sólidos ao setor empresarial, para reaproveitamento, em seu ciclo ou em outros ciclos produtivos, ou outra destinação final ambientalmente adequada.
O programa consiste no recebimento de peças de bombas sucateadas dos clientes após o término de vida útil. Não há quantidade mínima para devolução. A partir de uma peça o cliente já pode contatar as filiais de vendas ou representante da sua região, para receber as informações de como proceder com a devolução.
 O material recebido é separado e classificado junto aos demais resíduos gerados na produção das bombas da NETZSCH. Após a segregação, o material é encaminhado a uma fundição que beneficia as sucatas e transforma novamente em aço para o mercado da construção civil.
  O objetivo da NETZSCH é tornar as atividades cada vez mais sustentáveis, levando em conta o uso eficiente dos recursos naturais e o gerenciamento dos aspectos ambientais decorrentes dos processos produtivos. Desta forma, a empresa garante a segurança aos clientes que adquirem o produto NETZSCH, e acima de tudo, a qualidade de vida das futuras gerações.
Estatores NETZSCH do Brasil devolvidos através do Programa de Logística Reversa de Componentes de Bombas

 

Uma Empresa Mais Sustentável 

 

Eliminação de passivos ambientais
Preservação de recursos não-renováveis
Utilização como matéria prima na fabricação do aço
Aumento do tempo de vida útil de jazidas naturais

 

ou entre em contato com nossa equipe especializada Headset

+55 47 3387 8222 Contato