Hidrelétricas

Hidrelétricas

Hidráulica e lubrificação para turbinas pesando muitas toneladas: as usinas hidrelétricas brasileiras utilizam o know-how de bombas NETZSCH.

 

Contexto
A energia elétrica é gerada em usinas hidrelétricas usando turbinas. Por exemplo, as maiores turbinas Kaplan no país até agora estão funcionando na nova usina Estreito no Rio Tocantins. Seu rotor sozinho pesa 470 toneladas. Os sistemas de lubrificação NETZSCH estão sendo utilizados na Estreito, de modo a garantir que os rolamentos de suporte da turbina e o rolamento da guia para os geradores funcionem de forma consistente e sem desgaste ou superaquecimento.

 

Desafio
Além das bombas, os sistemas desenvolvidos para isso também incluem filtros, trocadores de calor, instrumentos, unidades de controle e tubos e contém duas subáreas essenciais: uma unidade de injeção e a circulação real do óleo de lubrificação. O enorme peso das turbinas que repousa sobre os rolamentos exige que o lubrificante seja aplicado a uma pressão muito alta, sobretudo ao iniciar e desligar, de modo a poder criar uma película lubrificante entre os componentes estáticos e móveis. A partir deste ponto, o fornecimento contínuo de lubrificantes e o feedback para o resfriamento e a filtração são assumidos por bombas de fusos  NOTOS®  especiais. No entanto, as bombas de fusos NOTOS® não são apenas usadas para lubrificação de rolamentos, mas também para controlar a velocidade da turbina. Este controle permanente é essencial para poder reagir às mudanças na quantidade de água do rio que está sendo utilizada e também evita que continue girando quando há queda de torque no eixo do gerador.

 

Solução
As bombas de fusos NOTOS® conseguem atingir altas pressões e por isso são utilizadas nesta solução. Estas compreendem dois fusos cujos perfis helicoidais estão exatamente sintonizados um com o outro e com a geometria da carcaça. Isto significa que os fusos se unem quando rodam e são formadas câmaras de transporte seladas em que o meio é transportado da sucção para o lado da descarga. A capacidade é substancialmente determinada pela inclinação das espirais, pelo diâmetro dos fusos e pela forma do perfil do fuso. Devido à compensação de impulso hidráulico da bomba, as forças axiais aqui são próximas de zero mesmo para altas pressões. Além disso, uma válvula de mola integrada protege o sistema contra sobrecarga. Para atingir a maior vida útil e um alto nível de durabilidade ao longo de todo o ciclo de vida, os parafusos são feitos de nitreto endurecido e a carcaça da bomba de ferro fundido. Além disso, o ajuste preciso da interação dos eixos é assegurado a longo prazo por buchas especiais feitas de bronze.

 

Dados Técnicos

 

NETZSCHBomba de Fusos NOTOS® 
MeioÓleo Lubrificante
Pressão68 bar
ou entre em contato com nossa equipe especializada Headset

+55 47 3387 8222 Contato